Lexin

R$23,00

Imagem meramente ilustrativa

Laboratorio:  Duprat

Descrição: LEXIN é um produto à base de Cefalexina monohidratada. Cefalexina é um antibiótico semi-sintético, de primeira geração, do grupo das cefalosporinas, para administração oral. Cefalexina, como outros antibióticos ?–lactâmicos, é um bactericida, pois causa a morte das bactérias através de diversos efeitos biológicos e bioquímicos provocados na parece celular. O espectro anti-bacteriano de ação inclui micro-organismos Gram-positivos e Gram-negativos, uma vez que a cefalexina, assim como outras cefalosporinas, tem habilidade de penetrar o invólucro dos bacilos Gram-negativos atacando deste modo a parede celular.

Indicações: LEXIN é  indicado para tratamento de todas as infecções causadas por micro-organismos sensíveis à Cefalexina. Tem amplo espectro contra micro-organismos Gram-positivos e Gram-negativos; infecções da pele e tecidos moles causadas por Staphilococcus, S. aureus, S. epidermidis e/ouProteus mirabilis; infecções do trato geniturinário causadas por E coli, P. mirabilis e Klebsiella sp.; infecções do trato respiratório causadas por Streptococcus, S. pneumoniae, Klebsiella pneumoniae; otites causadas por Streptococcus pneumoniae, Haemophylus influenzae, Staphylococcus, Moraxellae todas as infecções causadas por micro-organismos sensíveis à Cefalexina.

Descrição


Descrição: LEXIN é um produto à base de Cefalexina monohidratada. Cefalexina é um antibiótico semi-sintético, de primeira geração, do grupo das cefalosporinas, para administração oral. Cefalexina, como outros antibióticos β–lactâmicos, é um bactericida, pois causa a morte das bactérias através de diversos efeitos biológicos e bioquímicos provocados na parece celular. O espectro anti-bacteriano de ação inclui micro-organismos Gram-positivos e Gram-negativos, uma vez que a cefalexina, assim como outras cefalosporinas, tem habilidade de penetrar o invólucro dos bacilos Gram-negativos atacando deste modo a parede celular.

Fórmula – Cada comprimido de 500 mg contém:

Cefalexina --------------------------------------- 300 mg

Excipiente qsp ---------------------------------- 500 mg

Indicações: LEXIN é  indicado para tratamento de todas as infecções causadas por micro-organismos sensíveis à Cefalexina. Tem amplo espectro contra micro-organismos Gram-positivos e Gram-negativos; infecções da pele e tecidos moles causadas por Staphilococcus, S. aureus, S. epidermidis e/ouProteus mirabilis; infecções do trato geniturinário causadas por E coli, P. mirabilis e Klebsiella sp.; infecções do trato respiratório causadas por Streptococcus, S. pneumoniae, Klebsiella pneumoniae; otites causadas por Streptococcus pneumoniae, Haemophylus influenzae, Staphylococcus, Moraxellae todas as infecções causadas por micro-organismos sensíveis à Cefalexina.

Modo de Usar: Sempre seguir as recomendações do médico veterinário.

Contra-indicações e Efeitos Colaterais:
Não deve ser indicada para animais sensíveis à Cefalexina, pois a hipersensibilidade pode provocar erupções cutâneas, urticária, eritema, anafilaxia, febre, eosinofilia, linfadenopatia, prurido anal e genital; sendo que os mesmo desaparecem com a suspensão da droga. Pode causar salivação, taquipnéia e excitabilidade.
Cefalosporinas devem ser utilizadas com cuidado em pacientes com hipersensibilidade a outros antibióticos β–lactâmicos.
Os efeitos colaterais com as cefalosporinas são geralmente pouco freqüentes, sendo que pela administração oral, cefalexina pode causar efeitos gastrintestinais como anorexia, vômito e diarréia, os quais são minimizados com a sua administração junto a um pequena refeição.
Antibióticos sistêmicos orais não devem ser administrados a pacientes com septicemia, choque ou outra grave doença que a absorção da medicação pelo trato gastrintestinal seja significativamente diminuída ou inativada.

Apresentação: Cartela com 6 comprimidos.

Comentários