Com que frequência seu pet consulta com o médico veterinário?

Muitos tutores de cães e gatos têm o hábito de os levarem para consulta médico-veterinária apenas quando estes animais estão doentes, e isso infelizmente traz vários prejuízos para a saúde e qualidade de vida dos pets. Saiba com que frequência seu animal deve ser avaliado pelo médico veterinário para uma vida mais alegre e saudável!

Filhotes
- Os cuidados com um filhote de cão ou gato devem se iniciar não apenas com a aplicação de vacinas, mas com uma consulta veterinária cuidadosa e completa, em que familiares e médico veterinário conversarão sobre o comportamento, os hábitos, o planejamento quanto a passeios e convívio com outros animais, a nutrição, a castração e juntos irão elaborar um programa individualizado de cuidado à saúde daquele animal. Nesta primeira consulta podem ser identificados problemas comuns aos filhotes, como otite, verminoses e doenças de pele, além de problemas mais graves, como doenças genéticas e congênitas. A identificação e o tratamento precoce podem ser a chave para a resolução ou melhor controle desses problemas.

Adultos - Ao longo da vida adulta do pet, a indicação é que sejam realizadas consultas de check up anualmente. A consulta anual para um cachorro ou gato equivale a um check up médico a cada 3 ou 4 anos, para um ser humano!!! Nestas consultas, além da avaliação da saúde geral do seu pet, você continuará recebendo do médico veterinário diversas orientações para prevenção de problemas futuros e para que seu animalzinho tenha uma vida mais longa e feliz!

Idosos - A idade em que um animal se torna idoso varia individualmente, mas em geral cães de pequeno porte são considerados idosos a partir dos 9 anos de idade; cães da grande porte a partir dos 6 anos e gatos a partir dos 9 anos. Estes animais precisam ser avaliados pelo médico veterinário a cada 6 meses (o que equivale a check ups a cada 2 anos, para um ser humano!).

A medicina veterinária preventiva é a chave para uma vida longa e saudável para os pets. Quando diagnosticamos e começamos a tratar uma doença em seu início, as possibilidades de cura são muito maiores!

Sílvia Trindade é médica veterinária especialista em clínica médica de cães e gatos pela UFMG e mestre em ciência animal pela UFMG.